O DPVAT Bradesco é um termo muito comum para os proprietários de automóveis no território brasileiro, pois trata-se de um dos custos para aquelas pessoas que decidem ter seu próprio veículo. Apesar disso, muitos ainda têm dificuldades na hora de acertar as contas.

Isso acontece, muitas vezes, porque as pessoas não sabem como efetuar o pagamento e assim acabam esquecendo ou deixando para lá. Esse é um erro gravíssimo – você descobrirá o porquê ao longo do artigo – e deve ser evitado a todos os custos.

Por isso, confira agora como pagar o seu DPVAT de forma descomplicada.

O que é o DPVAT Bradesco?

O DPVAT Bradesco é um seguro obrigatório para Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre. Ele é destinado para os proprietários de automóveis e visa garantir indenização aos pedestres em casos de acidente de trânsito.

É um imposto recolhido anualmente, junto ao IPVA, licenciamento ou emplacamento do veículo. O seu valor varia de acordo com o Estado (UF) e o tipo de automóvel. O Bradesco é um dos bancos oficiais para arrecadar esse tributo. Por essa razão, quem possui uma conta corrente no banco pode optar por pagar a taxa na agência.

Como pagar o DPVAT no Bradesco?

O pagamento do DPVAT é obrigatório e feito juntamente ao pagamento de licenciamento anual. É possível realizar o pagamento em uma cota única ou em parcelas, de acordo com sua disposição financeira.

Essa opção foi disponibilizada pelo DETRAN, uma vez que o valor à vista ficava um pouco caro para algumas pessoas. Confira o passo a passo a seguir:

  1. Acesse a página de pagamentos da Seguradora Líder;
  2. Preencha o formulário com os dados solicitados e clique em continuar;
  3. Gere a guia de pagamento e confirme os dados apresentados nela;
  4. Acesse a página de pagamentos do site do banco Bradesco;
  5. Na aba Tributos, clique na opção Débito de Veículos (IPVA, DPVAT, Licenciamento, Multas e Taxas);
  6. Clique em Pague agora, acesse sua conta e efetue o pagamento.

 

Em alguns casos, como no pagamento à vista por exemplo, não é possível pagar a taxa pelo internet banking. Por isso, é necessário que o proprietário vá até uma agência bancária do Bradesco com a guia do seguro DPVAT Bradesco em mãos ou que retire o boleto lá mesmo.

O que acontece se não pagar o DPVAT?

Quando o DPVAT não é pago, o motorista fica impedido de realizar o licenciamento do veículo. Sem o documento de Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), o automóvel não estará mais rodando legalmente.

Dessa forma, quem continua circulando comete uma infração grave, que pode resultar em problemas desde multas de sete pontos na carteira até a apreensão.

Além disso, o proprietário que não efetua o seguro precisa arcar com os custos de um acidente de trânsito, sendo ele a vítima ou não. Portanto, não se esqueça de pagar o DPVAT Bradesco anualmente e nas datas corretas. Como pode perceber, ele é de fácil acesso e pagamento.

DPVAT Bradesco: Veja como pagar o DPVAT no Bradesco