Uma forma mais planejada de adquirir bens, o consórcio é uma das maneiras mais eficazes de adquirir desde uma moto até imóveis. Desse modo, apesar de ter condições diferentes de um financiamento, o consórcio também requer algumas exigências financeira.

Além disso, a negociação é feita por mais de uma pessoa, seja ela jurídica ou física. Esse fator pode ser determinante para aprovar a solicitação de consórcio. Veja abaixo algumas maneiras práticas de efetivar o consórcio.

Pagamento das mensalidades do consórcio em dia é fundamental

Apesar de não cobrar juros sobre o valor do bem consorciado, é necessário atender alguns requisitos básicos. Desse modo, o primeiro deles é o pagamento das mensalidades em dia.

Esse fator implica diretamente na escolha do sorteio mensal do consórcio. Aqueles que têm débitos relativos ao pagamento, não poderão ser contemplados.

Além disso para ser contemplado, a pessoa deve participar mensalmente dos sorteios realizados pela incorporadora que oferece o consórcio.

Lance fixo é outra opção para consórcio

Mesmo sendo uma forma planejada de adquirir um bem ou serviço, há situações onde os consorciados pretendem ter a contemplação mais cedo. Nesses casos, é necessário entrar em contato diretamente com a empresa.

Uma das opções oferecidas é o lance fixo, onde a própria concessionária define o número de parcelas que devem ser quitadas para tal operação.

Desse modo, caso os consorciados tenham condições de arcar com estes valores, a contemplação do consórcio é realizada. Entretanto, em casos de lance duplo, onde há mais de um lance fixo pelo mesmo item, a decisão é tomada através da pedra mestre.

Ademais, é importante ressaltar que em consórcio todos serão contemplados, desde sigam todos os procedimentos. Entretanto, não é possível prever quando isso irá ocorrer, já que o método tradicional de contemplação é o sorteio.

Consórcio: Como ser aprovado no pedido de consórcio